Fabiana Bombom: Da brincadeira em redes sociais até os palcos do Samba

Quadra da Escola de Samba Brinco da Marquesa recebe, no dia 17, o ‘Samba Bom’

A sorrir eu pretendo levar a vida, assim cantava o mestre Cartola, na poesia de sua autoria, O Sol Nascerá. E com sorriso no rosto a empresária, corintiana, de 38 anos, Fabiana Aparecida Braga, sambista conversou com nossa reportagem. Fabiana Bombom, como é conhecida. cresceu no meio da música e não poderia deixar de seguir esses passos.

No inicio deste ano, junto com o Régis 7 cordas, idealizou o ‘Samba Bom’. A ideia é uma roda de samba raiz e sempre com um convidado.

O projeto é realizado na quadra da escola de samba Brinco da Marquesa, na zona sul de sampa. Tome nota e vá ouvir um samba de qualidade, dia 17, a partir das 17 horas, rua Dom Vilares, 300 , Vila Brasilina. A edição de fim de ano está com uma lista boa de convidados. A entrada é apenas 10 pilas.

Confira o bate-papo.
projeto-samba-bom

Fabiana Bombom conversa com o Jornal Pacto

Jornal Pacto: Quem é Fabiana?

Fabiana Bombom: Uma mulher determinada, realizada, sortuda por ter uma família linda. Filhos maravilhosos. Feliz por ter encontrado minha alma gêmea há 23 anos. Meu marido Kleber, grande companheiro é responsável direto pela realização do meu sonho que sempre foi cantar. Feliz por ter muitos amigos e ter sido muito bem recebida no mundo do samba.

JP: Há quanto tempo no mundo do Samba?

FB: Eu sou de uma família de músicos. Meu padrinho Valdir -em memória- e meu tio Rodrigo (grupo Los Maneros) tinham um grupo de samba há mais ou menos 30 anos atrás, chamado Sangue Negro. Eu, minha irmã e meus primos crescemos nesse meio. Eles se inspiravam nos Originais do Samba. Era uma delicia.

Desde a adolescência sempre freqüentei rodas de samba. E de uns anos pra cá, comecei a postar vídeos cantando nas redes sociais.  Mas de brincadeira mesmo. Até que um dia, no Projeto Remandiola, no meu bairro, na vila Brasilina, fui pega pelas mãos do meu amigo querido mestre Thiago Praxedes. Meio tímida, peguei o microfone e cantei Toninho Gerais. Depois daquela sexta-feira, comecei a cantar lá sempre com os amigos. Um, dois, três sambas. Os vídeos sendo postados e foram surgindo convites pra cantar em outros lugares.

JP:Como surgiu o projeto Samba Bom? E como funciona o projeto?

FB: O Samba Bom, projeto idealizado por mim e por Regis 7 cordas teve início em abril desse ano. No projeto cantamos samba raiz, que é nossa essência. Sempre convidamos um outro projeto de samba, cantores e cantoras.

Já tivemos em nosso projeto estrelas como Biro do Cavaco, Adilson Caveira, Rene Sobral, Paulinho Santa Cruz, Graça Cunha, Grazzi Brasil, Raphão do lado B, Marisol Mello, grupo Nossa Identidade, Samba da Ribalta entre outros. Queremos sempre prestigiar artistas das comunidades.

JP: Qual a agenda da Fabiana?

FB: A próxima edição, do projeto ‘Samba Bom’, será realizado dia 17 de dezembro. Das 17:00 às 23:00. Na quadra do Brinco da Marquesa, rua Dom Vilares, 300 , Vila Brasilina.

Além da roda de samba, teremos vários convidados para o último samba do ano :

Roda de samba Sal do Quilombo; Raphão do Lado B; Regis Magôo; Marisol Mello; Paulinho Santa Cruz; Mauro Zabumbeiro e a Bateria do Brinco da Marquesa.

Samba Natal de Mãos Dadas, dia 23, no Quintal do Samba, rua Democracia, 345. A renda do samba será revertida em brinquedos para as crianças no natal. Participantes: Escola de samba Quilombo, Samba Bom, Lado B, Remandiola, Amigos da Monsenhor, Samba da Ribalta e a roda de samba Sal do Quilombo. Os presentes serão entregues no dia 25/12. Nosso almoço de natal atrasará um pouco.

Fabiana Bombom em poucas palavras:

Cantores que influenciaram sua formação musical?

Clara Nunes, dona Yvone Lara, Alcione, Beth Carvalho, Cartola , Zeca Pagodinho, Fundo de Quintal e Paulinho da Viola.

Qual Samba que te marca?

O Sol Nascerá, Cartola.

Escola de Samba?

Meu coração é dividido pelas 3 escolas da zona sul : Barroca Zona Sul, Brinco da Marquesa e Quilombo.

Time?

fabiana-bombom

O sorriso e a música de Fabiana Bombom

Corinthians

Fé?

Sou kardecista, tenho um carinho e respeito imenso por tudo que nos leva a fazer o bem e alegrar a Deus.

Serviço

Samba Bom e convidados

Onde? Quadra do Brinco da Marquesa, rua Dom Vilares, 300 , Vila Brasilina.

Quando? Sábado – 17 de dezembro.

Que horas? Das 17h até 23h.

Quanto? R$ 10,00