20ª SPRW reúne o melhor da gastronomia de São Paulo

Capim Santo, Farabbud, Mercearia do Conde, Sarrasin e Sympa são destaques desta edição do festival, que completa 10 anos no Brasil

20º Restaurant Week

20º Restaurant Week

Uma boa refeição inclui, além de boas receitas, uma boa experiência. Isso conta com um ambiente agradável, preços justos e bom atendimento. A20ª edição da São Paulo Restaurant Week, que ocorre de 24 de março a 16 de abril, reúne mais de 200 restaurantes badalados de São Paulo com o tema “Descobertas de Sabores”. O evento traz menus completos de almoço e jantar (entrada, prato principal e sobremesa) a preços fechados (Menu Week: R$ 41,90, no almoço, e R$ 52,90, no jantar; e Menu Premium: R$ 68, no almoço, e R$ 89, no jantar). Bebidas e taxas de serviço não estão inclusas no valor. O cliente poderá contribuir ainda com mais R$ 1 em cada refeição, que será convertido diretamente para a Fundação Cafu. O festival tem como objetivo principal oferecer, a preços democráticos, o melhor da gastronomia. Participam desta edição, com o Menu Week, o árabe Farabbud, em Moema, a tradicional Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano, que acaba de completar 25 anos, e os premiados Capim Santo, nos Jardins, e Sarrasin, na Vila Olímpia. O destaque do Menu Premium é o francês Sympa, nos Jardins, estreante no festival.

Localizado num casarão, no agitado bairro dos Jardins, o Capim Santo tem ambiente que remete à natureza e ao décor rústico-chique da matriz, em Trancoso (BA), com jardins com coqueiros, jabuticabeiras e bananeiras. No menu, também há a preocupação com ingredientes frescos e saudáveis. Formada como Chef de Cozinha e Confeitaria na renomada Le Cordon Bleu, em Paris, Morena Leite imprime no menu sua marca registrada: cozinha saudável, ingredientes e temperos brasileiros e técnicas francesas (quente com frio, crocante com creme, sabor com estética). O restaurante participa do festival apenas no jantar. No Menu Week, os destaques são: como entrada, o brasileiríssimo e crocante Bolinho de Feijoada; como principal, um prato no clima de outono, o Ninho de Carne-Seca com Purê de Abóbora e Chips de Couve; e como sobremesa, a Banana Flambada com Cachaça Busca Vida e Caramelo.

Pratos árabes com gostinho de comfort food. Esse é o clima do Farabbud, marco da culinária árabe em São Paulo. Fundado por Paulo Abbud, em 2002, em Moema, zona sul da cidade, o Farabbud é uma homenagem a Suahad Farah e Emílio Abbud. Receitas criadas pela família e que se tornaram clássicos da culinária árabe no Brasil. Para o festival, os destaques do almoço são: como entrada, a Salada Henrique (preparada com tomate, pepino, salsinha e alface americana cortada na ponta da faca, temperada com limão e finalizada com pão árabe torrado), como prato principal, o Aarouz de Falafel (pão saj enrolado com falafel, alface romana, rabanete, tomate e molho tarator). Para finalizar, o Minichocolamour (sorvete de chocolate, calda quente, chantili e farofa doce). No jantar, as indicações são: como entrada, o Quibe Cru de Salmão (salmão fresco picado na ponta da faca, cebolinha francesa, gengibre agridoce e pimenta dedo-de-moça com creme de limão-siciliano), como prato principal, a Moussaka na Panelinha (finas fatias de berinjelas grelhadas na chapa cobertas por tomates concassé perfumados com manjericão e capa de filé mignon moída refogada com especiarias e coberto com bechamel), e para finalizar, a Coalhada com Frutas Vermelhas (framboesa, amora e morango).

A Mercearia do Conde, sob o comando da restauratrice Maddalena Stasi, no Jardim Paulistano, acaba de completar 25 anos. O restaurante preserva resquícios de sua origem de armazém. No cardápio, uma cozinha que prima pelo saudável e exibe influências de diferentes nacionalidades. Localizado numa colorida casa de esquina, o restaurante é cheio de resquícios da antiga mercearia, com azulejos brancos nas paredes, sacolas penduradas, oratórios, quadros, espelhos, obras de arte, fadas e equilibristas pendurados no teto. O menu para o festival, servido apenas no jantar, tem como opção de entrada o Carpaccio de Salmão com Molho da Casa e Queijo de Cabra. Já de prato principal, o menu conta com o Espaguete da Casa com Molho de Tomates Assados, Cubinhos de Queijo Coalho e Berinjela Dourada e a Costelinha de Porco Confit com Purê Rústico de Mandioca e Couve Salteada. Para finalizar com doçura, a casa oferece como sobremesa a Torta de Limão-Siciliano com Coulis de Framboesa e o Gelado de Chocolate e Gengibre.

Crocante, versátil e saudável, a galette é a receita de sucesso que deu origem ao Sarrasin, em 2010, em Pinheiros, em São Paulo. Surgia, assim, a primeira galetterie da cidade, casa especializada em crepes salgadas (típicas da região noroeste da França, a Bretanha), cuja massa tem o trigo-sarraceno como principal ingrediente. Com uma infinidade de sabores e recheios, as galettes viraram moda na cidade. Um aconchegante e romântico bistrô, localizado no Shopping Vila Olímpia, com decoração provençal, que alia a experiência gastronômica e cultural à conveniência de um shopping center. Para esta edição festival, dentre as opções do Menu Week, a casa apresenta uma degustação de minigalettes crocantes feitas de trigo sarraceno. O Risoto de Cogumelos ao Vinho do Porto é uma das sugestões de prato principal. Para os chocólatras, a sobremesa é irresistível: Bolo Cremoso de Chocolate com Calda Quente de Chocolate.

Criatividade com técnica, assim é o Sympa, restaurante francês de alma moderna, sob o comando do jovem chef mineiro Thiago Cerqueira. Pequeno e charmoso, com apenas 38 lugares, o Sympa tem um salão envidraçado e elegante, ambiente com pé direito alto, décor minimalista, um moderno bar de madeira na entrada e trilha sonora animada, que embala a noite do público eclético e fashionista dos Jardins. Adepto da bistronomia e do conceito de “neobistrô”, o Sympa busca uma cozinha francesa mais moderna e informal, fresca, mas sem frescuras. Com uma experiência gastronômica ainda mais sofisticada, a casa está participando com o Menu Premium no festival. Dentre as sugestões do chef no almoço estão: para começar, o Borsch com Queijo de Cabra e Picles de Melancia, como prato principal, a Bochecha Braseada ao Rôti de Goiaba, Purê de Cenoura e Feijão-Fradinho e, para finalizar, o Sorbet de Manga com Aroma de Maracujá e Tuille de Amêndoas com Creme, Cubos de Manga e Coulis de Manga. No jantar, como entrada, é possível provar o Tartar de Atum e Beterraba, Suco de Salsinha e Ovo de Codorna Curado, como prato principal, o Prato do Pescador preparado com Mexilhões, Lula, Polvo, Peixe ao Molho de Crustáceos e Terrine de Mandioca, e como sobremesa, o Mil-Folhas de Baunilha e Frutas Vermelhas.

Histórico

Criado nos anos de 1990 em Nova York, o Restaurant Week chegou ao Brasil em 2007 e de lá para cá vem movendo multidões em torno desse festival gastronômico. Presente em mais de 15 cidades brasileiras, com a exigência de que o restaurante participante tenha menu e preço fechados para o almoço e jantar, já virou parte do calendário regional. Oportunidade única para os apreciadores da boa gastronomia provarem menus diferenciados, preparados por grandes e renomados chefs, com diversas opções de menus criativos por preços democráticos. O evento conta com The Fork, empresa especializada em reservas online do grupo TripAdvisor.

Serviço:
www.restaurantweek.com.br
O quê: 20ª edição da São Paulo Restaurant Week
Quando: De 24 de março a 16 de abril/17
Tema: Descoberta de Sabores
Valores:
– Menu Week – R$ 41,90 (almoço) e R$ 54,90 (jantar)
– Menu Premium – R$ 68 (almoço) e R$ 89 (jantar)